Não gosto da minha aparência – Parte I

Autoestima tem a ver com beleza?

Nas últimas semanas recebi muitas mensagens sobre o mesmo tópico, por isso eu achei que precisava abordar esta questão hoje. Não cheguei a contar, mas foram várias mensagens de mulheres falando que tem uma autoestima baixa por causa da aparência, porque não gostam do que veem no espelho, não se acham bonitas e atraentes.
Bom, vamos partir do pressuposto que o que todo ser humano quer é ser feliz, se sentir amado, aceito e pertencente, mas no final das contas o que todo mundo quer é ser feliz. 

Trabalhando com mulheres nos últimos anos, é muito comum surgir esse assunto da aparência, da beleza e da vaidade, e quando falamos em autoaceitação quase todas as pessoas falam em aceitação da própria aparência.

Quando esta questão é explorada, as mulheres falam: “Ah, se eu fosse mais bonita eu sei que teria mais autoestima”, “eu não consigo gostar de mim, se eu fosse mais bonita teria mais autoconfiança”… Acaba voltando ao “querer ser feliz” que citei anteriormente. Isto é um ponto.

A beleza nem sempre pode ser separada da autoestima, mas elas não estão necessariamente ligadas em todos os casos.

Prefere ouvir? Aperte o Play 

O outro ponto é, nos sentimos feios ou bonitos quando nos comparamos. Eu me acho baixinha no alto dos meus 1,56 cm porque eu já vi mulheres de 1,80 cm ou mais. Algumas mulheres não gostam de seus cabelos cacheados porque comparam com aquelas que tem cabelos lisos. Outras não se sentem bem com seus corpos porque são muito magras e não se sentem desejáveis quando se comparam à mulheres curvilíneas. É claro que a comparação por si só é péssimo para a autoestima mas quando nos comparamos e não gostamos do que vemos, muitas vezes até a ponto de ficarmos deprimidas, é porque existiu esta comparação, certo? Passamos a querer aquilo que vimos em outra pessoa, seja lá o que for.

É claro que não tem nada demais não gostar de uma partezinha ou outra da própria aparência. Isto é completamente normal e aceitável, não é disso que estou falando. Falo de pessoas que deixam de ser felizes ou são menos felizes porque se sentem mal com o próprio corpo, porque não conseguem se aceitar. Neste caso, se aceitar fisicamente.

Estou falando mais em mulheres porque nós somos mais cobradas e sofremos mais com esta questão, mas se o que todo mundo quer é ser feliz, o que me faz pensar que se eu tiver uma aparência mais próxima da fulana ou da ciclana é isto que está me faltando para eu ser mais feliz? O que me faz querer ser mais parecida com outra pessoa? Porque queremos ter características que não são nossas? Será que no fundo não é vontade de ter a felicidade que se imagina que a outra pessoa tem? Será que não é vontade de ter a autoconfiança e o carisma que a outra pessoa tem?

últimos posts:

Mulheres e a Autoestima

Neste artigo, exploraremos a importância da autoestima para as mulheres e como ela pode impactar os relacionamentos amorosos, a amizade e as relações familiares. Entender essas conexões é fundamental para promover relacionamentos saudáveis e significativos. Vamos mergulhar nessa jornada de autodescoberta e crescimento pessoal.

Ler »

Desvendando o Segredo da Autoestima

Quando você se avalia de forma positiva existe autorrespeito e autoconfiança. Existe uma satisfação em ser quem é. A autoestima é o que pensamos, sentimos e acreditamos sobre nós mesmos.

Ler »

Estratégias infalíveis para aumentar a sua Autoestima

Sentir-se inferior, pensar mal de si mesma, se por pra baixo. Essas são algumas formas da baixa autoestima operar.

Se você passa por isto sabe o quanto prejudica e atrapalha a vida, de diversas formas possíveis e em diversas áreas. Para mudar a forma como você se vê e assim desenvolver uma autoestima positiva, é necessário mudar não somente o seu pensamento, mas também alguns hábitos.

Ler »

Jornada Semear

Autoconhecimento para mulheres que desejam se reconectar com sua essência e resgatar a autoestima

E-book

Autoestima: Sistema Imunológico da Mente; Autossabotagem

Microcast

Pequenos áudios para provocar reflexão e mudanças

4 respostas

  1. é muito triste nao gostar de se olhar no espelho

  2. Sabemos que a sociedade pressiona nós mulheres desde sempre, com um padrão de beleza que é inalcançável. E, infelizmente, a quantidade de pessoas que se martiriza por conta desse padrão, dessa comparação é gigantesca- Eu sendo uma dessas pessoas- sei o quão complicado é a sensação de se sentir feio, desconfortável consigo mesmo, de sentir que eu poderia ser mais feliz, confiante comigo mesma se eu tivesse um nariz fino rs mesmo sabendo que não é isso que me define, que eu não sou pior do que ninguém por conta disso, ainda assim é muito complicado. Tem dias que nem vontade de sair de casa eu tenho, acredita?!
    Estou tentando trabalhar isso em mim, praticar o auto cuidado, o amor próprio mas se surgisse a oportunidade, confesso, que faria uma rinoplastia. Pois acho que só assim conseguiria me aceitar kkkk

    1. Olá Tay! Fico feliz que tenha gostado. Obrigada por deixar seu comentário. Um abraço pra você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Academia de Autoestima

Técnicas e prática para desenvolvimento de Autoestima

Academia de Autoestima® 2024  – Todos os Direitos Reservados

Este site utiliza Cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao prosseguir você concorda com a nossa Política de Privacidade.