Sobre a Academia

Overview

Nascida a partir da identificação da baixa Autoestima como  a fonte de muitas mazelas e vidas sem propósito, com pouca realização ou autenticidade, o objetivo da Academia de Autoestima é divulgar conhecimento, disponibilizar ferramentas e processos de desenvolvimento de AutoestimaElaborar um trabalho de caráter pragmático, voltado para a realização, ampliar a consciência de potenciais, desafiar crenças e paradigmas, desenvolver habilidades, aptidões, autoestima e autoconfiança.

Para que mulheres possam se aceitar e exercer com equilíbrio seus papéis no mundo.

Por que Autoestima?

O mundo em que vivemos é ambiente desafiador para uma Autoestima saudável. O apelo é por ter em detrimento do SER. Somos constantemente expostos à modelos “ideais” de comportamento e beleza.  O resultado é um aumento crescente de pessoas desconectadas de suas essências, sem a consciência do próprio valor. Na natural busca do ser humano por aprovação e reconhecimento, acabam buscando no exterior a apreciação que não sentem por si próprios. 

Na ânsia de representar tantos papéis e facetas, muitas mulheres cheias de potencial perdem-se em seus caminhos, desenvolvendo um constante sentimento de incompletude. A epidemia de baixa Autoestima fomenta o individualismo, o consumismo, a comparação, o hedonismo, a idealização, a competitividade, e a emocionalidade excessiva.

Acreditamos que uma sociedade mais justa e equilibrada só será possível com o desenvolvimento individual, tendo início no  Autoconhecimento e na Autoestima, pois como disse Tomás de Aquino, “O amor a si mesmo, por ser o modelo do amor aos outros, é superior a ele como princípio”.

Por que Mulheres?

Como terapeuta, quase sempre atendi mulheres, com suas diferentes histórias, formações e desejos. Profissionais competentes, mães, estudadas, viajadas e bem informadas. Mulheres que pareciam ter tudo para se sentirem plenas, mas que por um ou outro motivo sentiam-se vazias, incompletas, frustradas, que sentiam-se culpadas por não se sentirem felizes. Muitas perdidas.

Atendi muitas mulheres dedicadas, cheias de potencial e capacidades que não confiavam em si próprias, que não se valorizavam e estavam com a autoestima destruída.

Ouvi de praticamente todas as mulheres que atendi, em algum momento, que elas não se sentiam merecedoras, capazes ou competentes de realizar aquilo que tinham vontade. Se tolhiam por puro medo.

Acredito que não ousar ser quem se pode ser, é um desperdício de felicidade. É desperdiçar vida.

Acredito que uma mulher plena de si tem a capacidade de edificar, ensinar com e pelo amor. Uma mulher ciente de seus potenciais é  agente transformador de um novo mundo.

Por trás da Academia

A Academia de Autoestima foi idealizada por Marina Aniya. Terapeuta integrativa, do time dos sonhadores que acreditam na co-criação de um mundo melhor.

Follow Us