Como agem as pessoas que tem Autoestima saudável ?

Muitas pessoas percebem que “algo está errado”, na forma em como se tratam, se veem e se valorizam mas não sabem ao certo que o motivo por trás de tudo isto é uma Autoestima negativa, também conhecida como baixa Autoestima.

Uma vez identificada a causa, inevitavelmente surge a pergunta… E agora, o que eu faço com isso ? Tem como mudar ? Ou estou condenada até o resto dos meus dias a conviver comigo mesma desta forma? Como faz para mudar ?

 

Ora, ora, ora, coleguinha. São muitas questões. Para começar, se você ainda não leu os primeiros passos da Academia de Autoestima, te sugiro a clicar AQUI, mas antes termine este texto. Olha a afobação!

Não saber como ter mais Autoestima pode causar ansiedade e fazer muitas pessoas pensarem em desistir, ou nem começar, porque não vislumbram um caminho e a possibilidade da mudança.

É sim, possível Desenvolver Autoestima, é sobre isto que nós falamos em nosso conteúdo e em nossos produtos e serviços. Se você já nos acompanha, sabe que não existe uma fórmula mágica e que é necessário se empenhar e se dedicar. Você levou toda uma vida para ter a Autoestima que tem, não vai dormir de um jeito e acordar de outro, sinto muito. Não existe um guia ou uma receita padrão, não acredite nisto.

São vários os caminhos e as formas de se abordar um processo de Desenvolvimento de Autoestima, e ele não é o mesmo para todo mundo. O que funciona pra você pode não fazer sentido para outra coleguinha, simplesmente porque somos seres únicos, e a forma como “magoamos” a Autoestima também é único. É importante trabalhar autoconhecimento porque se você não se conhece minimamente, não sabe do que gosta, quais são suas qualidades e valores, como será possível se avaliar de uma forma positiva ?

Além de ser necessário mudar o Diálogo Interno e os padrões de pensamento, atitudes práticas dão suporte importante e necessário.

Deixo aqui 5 hábitos das pessoas que tem uma Autoestima saudável, pra você adotar – se achar que faz sentido pra você – e começar a praticar até que vire um hábito.

Me amo porque me trato bem e me trato me porque me amo… Os dois caminhos são verdadeiros, apesar de sentidos opostos, e ambos contribuem com uma Autoestima saudável.

1.Falam consigo mesmas de forma saudável

     O Crítico Interno é um dos maiores vilões da boa Autoestima. As pessoas que se amam e se respeitam falam consigo mesmas como falariam com uma pessoa amada. Não se denigrem nem se colocam para baixo, não se acusam e nem se ofendem. Preste atenção ao seu Diálogo Interno e a forma como você se refere a aquela mulher do espelho. As palavras que você escolhe usar influenciam o que você pensa e o que sente por si mesma.

Por exemplo, ao cometer um erro no trabalho você pode se chamar de burra e incompetente ou pode se convidar a ser mais atenciosa e aprender algo com o episódio. Se você se chama de gorda preguiçosa todos os dias, como você espera que sejam as suas atitudes e seu ânimo ?

2.Se apreciam

Apreciar-se não é a mesma coisa que aceitar-se. Aceitar-se é anterior e talvez seja mais fácil perceber a relevância da Autoaceitação para Autoestima. Ainda que muitas pessoas tenham dificuldade com a Autoaceitação, é na  apreciação por si mesmo que a porca torce o rabo. Por diversos motivos não conseguem reconhecer e acolher as próprias qualidades e dons. Muitas vezes sequer conseguem enxergar tais características em si. Aprendemos que o nobre é ser humilde, não se envaidecer com o que se é nem com o que se tem. Entretanto, as pessoas com uma Autoestima saudável reconhecem e acolhem seu lado luz, sem sentimentos narcisísticos, sem se achar superior, nem melhor do que ninguém. Isto também não significa a ausência de defeitos ou fraquezas, simplesmente a constatação dos dois lados, como de todos os seres humanos.

3.Aceitam elogios

Como reconhecem seu próprio valor, as suas qualidades e méritos, as pessoas com uma Autoestima saudável aceitam os elogios porque não duvidam deles. Entendem que o outro também é capaz de enxergar o que elas veem em si mesmas. Aceitar elogios é aceitar apreciação e de uma certa forma, é saber receber amor.

4.Sabem falar não

As pessoas que tem Autoestima negativa frequentemente tem uma grande necessidade de agradar, para assim receberem em troca atenção e amor – mesmo que de forma inconsciente. Muitas vezes se sacrificam e colocam as necessidades e demandas dos outros em primeiro lugar, como se as suas próprias necessidades não fossem assim tão importante. Fazem favores, quebram galhos e é bem possível que não recebam sequer reconhecimento por seus esforços. Quem tem Autoestima saudável diz não quando não pode ou não quer fazer algo, entende que se por em primeiro lugar não é egoísmo.

5.Praticam Autocuidado

Quem se ama, se cuida, HA ! Um clichezão e como um bom clichê, simples e verdadeiro. Cuidar de si em todas as áreas da vida (como físico, emocional, mental, espiritual, financeiro, etc…) é atitude das pessoas que se respeitam e assumem a responsabilidade pela própria felicidade e bem estar. É hábito das pessoas que tem uma Autoestima saudável.

Se você identificou algum hábito que deseja implementar, se programe. Se pergunte como você pode começar. Qual é o primeiro passo ? Quando e como você vai começar ?

Pratique… Sua Autoestima vai agradecer.

 

 

Lei também:

Consequências da baixa Autoestima

Autoestima X Amor Próprio

O que é esta tal Autoestima?