A importância da Autoimagem

Nestes tempos de muita comparação e exposição online, a busca por  uma aparência que dê orgulho de exibir nos feeds,  tem causado uma epidemia de não aceitação e baixa Autoestima em diversas mulheres.

“Espelho, espelho meu, existe alguém mais bonita do que eu ?”  O conto de fadas “Branca de Neve” é um exemplo claro de quanta importância algumas mulheres dão a sua aparência. Esta preocupação com a beleza  é algo inerente à natureza da mulher ou algo imposto a nós pela sociedade? E o que significa ser bonito?

 

30 perguntas para avaliar a autoestima

As propagandas nos mostram qual é o padrão desejável “do momento”, e ele varia. Gisele Bündchen foi rejeitada diversas vezes no começo de sua carreira, por não preencher os requisitos da indústria da moda quando começou a sua carreira. Chegou até a ouvir que jamais seria famosa ou estamparia a capa de alguma revista. Entretanto, a sua personalidade marcante a tornou a modelo mais respeitada e bem paga do mundo. Veja bem, eu acabei de dizer que a modelo mais copiada e requisitada em todo o mundo, foi criticada e rejeitada diversas vezes.  Se a beleza dela foi questionada… a de quem não seria ?

Apesar de muitas pessoas acreditarem que a Autoestima resume-se a gostar da própria aparência e ter vaidade, a Autoestima é algo muita maior do que isso. Autoestima é algo vindo de dentro, é o valor individual que cada um se dá, significa também ter a  capacidade de respeitar  seu próprio corpo. Os fatores que contribuem para uma pessoa fazer uma autoavaliação positiva e assim ter uma autoestima positiva, são qualidades intrínsecas como se perceber uma pessoa honesta, determinada e corajosa.

Na avaliação subjetiva que cada um faz de si mesmo, a aparência não costuma ter um peso assim tão relevante. Entretanto, mulheres que tem uma Autoestima pouco saudável costumam focar nos defeitos e em tudo o que falta, em vez de dar atenção às qualidades e ao que fazem de bom e bonito, além de constantemente se compararem e sentirem-se menos.

Ainda que a beleza possa encantar em um primeiro momento, esta conexão é breve e superficial. O que faz uma pessoa ser admirada e amada, é o conjunto da obra… até mesmo os pequenos defeitos. O que dá vontade de ter uma pessoa por perto é o brilho no olho, a risada sincera, a energia. Aparência não é garantia de nada. Para de se martirizar com isso e vai ser feliz !

 

Leia também:

9 forma de ter mais autoconsciência

Autoestima e Relacionamentos

Livro: Os 6 pilares da Autoestima

Como identificar a baixa Autoestima

ACOMPANHE

Microcast

O Micro podcast da Academia de Autoestima

E-books

Baixe Gratuitamente